15 de setembro de 2014

Hidratando o cabelo com Chantilly Pró Liss - KERT

Oi gente! 
Vou contar uma coisa pra vocês: Adoro receber produtinhos da Kert pra testar porque sempre me surpreendo com as novidades, essa marca de produtos para o cabelo que é parceira do blog há muito tempo em enviou o o kit Termal Act para testar e resenhar aqui no blog, e vou contar pra vocês o que eu achei.

Alguém já ouviu falar nesse Minute Cream Chantilly? Bom, eu não. Sou meio desligada do mundo, então, se a novidade não chegar até mim, nunca passará pela minha cabeça em procurar... Não sei, talvez seja medo de jogar dinheiro fora, porque eu sou muito mão de vaca, até comigo mesma. Mas enfim!

O Minute Cream Chantilly vem nessa ampola de 10 ml. A embalagem recomenda colocar 5 ml do Minute Cream em 40 ml de água para cabelos curtos ou 10 ml em 40 ml de água para cabelos longos e misturar até adquirir uma consistência parecida com a do chantilly.

Eu misturei 5 ml da ampola com 40 ml de água, como recomendado, e bati bem com essa colher. Ficou um creme super consistente, como se fosse em um passe de magia HAHAHA. A quantidade foi exata da que eu uso sempre dos cremes de hidratação comuns, e o legal é que ainda sobrou para mais uma vez! 

Agora, um passo-a-passo de como hidrato meu cabelo:
1 - Lavo bem o cabelo com shampoo Termal Act da KERT, repito o procedimento e deixo agir por alguns instantes. Depois enxaguo e aplico o condicionador Termal Act da KERT e deixo agindo por três minutos.
2 - Depois de dividir o cabelo pouco úmido em duas partes, começo aplicando uma pequena quantidade de creme nas madeixas internas do cabelo, aquelas que sempre são as mais ressecadas.
3 - Vou começar pelas madeixas internas e subindo até a franja, mas lembre-se de que não é recomendado passar creme na raiz. Só no comprimento.
4 - Repito o procedimento 2 do outro lado.


5 - Depois de ter aplicado o creme no cabelo todo, pentei-o para trás e faço um coque sem prender com qualquer presilha que for.
6 - O Minute Cream não pede pra usar a touca, até porque o produto promete hidratar o cabelo em 5 minutos, mas eu coloquei só pra não perder o costume e deixei agir em 5 minutos.
7 - Passado os cinco minutos, vou lavar o cabelo. Retiro todo o excesso, até não sobrar nenhum vestígio de creme.
8 - Gente! O Cheiro que fica no cabelo é muito bom, e muito forte também!

9 - Em vez de usar o leave in que eu estou acostumada, deixei para usar o defrizante temporário Termal Act.
10 - Passei em todo o comprimento do cabelo começando sempre pela madeixas mais internas.
11 - Para controlar o volume, modelar os cachos e proteger dos raios solares usei o Elixir Argan Oil da Kert como reparador de pontas.
12 - Apenas algumas gotinhas do elixir na palma da mão, esfrego bem até sentir as mãos quentes e amasso o cabelo de baixo para cima várias vezes até não sentir mais o produtos nas mãos.

Gente, eu realmente adorei essa linha. Meu cabelo é cacheado, como vocês sabem! Essa linha é recomendada para cabelos lisos e isso de alguma maneira interferiu nos meus cachos, mas não ficou feio, juro! Deixou meu cabelo menos cacheado e mais ondulado, eu curti bastante, sem falar que no dia seguinte recebi vários comentários sobre o perfume maravilhoso do meu cabelo e como ele estava brilhante e macio e sedoso e por aí vai. Nem te conto o que usei! Hahaha 

Então, é isso galera. Mais uma vez, recomendo super a Kert pra vocês. Dá uma olhada nas redes sociais (Twitter | Facebook | Youtube | Instagram) e no site oficial da marca. 

Beijinhoss

13 de setembro de 2014

Inspire-se no look: Hanna Marin

"Você pode falar muito sobre uma pessoa através de seus sapatos."
Oi gente!
O post de hoje é pra se inspirar no look de Hanna Marin, a personagem de Ashley Benson. Não sei se falei isso de Aria ou Emily, mas Hanna é a personagem com quem eu mais me identifico no jeito de ser, com o gênio meio fraco, falando coisas sem sentidos, meio fútil, super sensível, se vestir conforme o seu humor e por aí vai... Tem muito de Hanna em mim. O segredo de Aria, como dito em posts anteriores, era ter um caso com o professor, o de Emily era ser lésbica e o de Hanna era a bulimia e a mania de roubar coisas. Hanna teve sérios distúrbios alimentares e sérios problemas com a polícia (nada que sua mãezinha não resolva). Mas ela superou isso, se tratou e agora está linda, magra, rica, cheia de problemas e super estilosa. Dá uma olhada nos looks dela que eu separei pra vocês:

Hanna definitivamente fica muito bem de verde. Ela sabe muito bem disso.

Na sua fase rainha da escola, Hanna se arrumava como uma verdadeira lady, usando blazer com cortes retos ou não.

Saia jeans, saia de couro, de algodão ou qualquer outro tecido que seja fica lindo em Hanna, até porque ela adora mudar o estilo uma vez ou outra.

Se fossemos amigas, com certeza pegaria algumas jaquetas emprestadas e não devolveria. Hanna ama jaquetas!

E os vestidos então? Fica tão mocinha ♥

Han usa de t-u-d-o. Já falei de blazer, saia, vestido... Mas tem outra peça de roupa que ela não dispensa de jeito algum. São as calças, calças super estilosas, metalizadas, estampadas, rasgadas e por aí vai. Pra ela não existe look básico.

E agora, por fim, mas não menos importante, são os casacos de lã que Hanna está usando muito nessa sua nova fase rebelde. Em dias de TPM ou em dias que eu definitivamente não quero sorrir, eu uso os meus casacos mais largos e com cores mais escuras o possível, é uma forma de mostrar pro mundo que sim, estou de mau humor e não, não venha falar comigo. Hanna é meio assim também.

Então amiguinhas, é isso. A próxima liar que vai ter um review aqui no blog será Spencer Hastings, a minha outra preferida Liar ever. Fala sério, acho que todas são as minhas preferidas, não dá pra escolher!
Beijão

7 de setembro de 2014

Saco de plástico


Depois de perceber que eu havia prendido a respiração por alguns instantes, soltei-a rapidamente, expirei, inspirei, nessa sequência como se eu estivesse correndo. O que acabara de acontecer? Pisquei algumas vezes sem entender, olhei pro celular e vi o relógio mudar para 22:23, vi uma nuvem atravessar a lua cheia que brilhava mais do que a aliança com diamante rosa que eu carregava na mão esquerda e dei risada. Sabe aquela risada que sai sem você perceber? Então. Eu estava rindo, sem motivos, eu estava rindo porque a nuvem atravessou a lua, eu estava rindo porque a lua brilhava mais do que a minha aliança, eu estava rindo porque o motivo de eu ter prendido a respiração sem perceber por alguns instantes atrás estava a alguns metros de mim, beijando outra pessoa.

Dei alguns passos pra trás, tentando entender o que eu fiz de errado. Meus joelhos estavam fracos, eu sentia que ia cair e que não tinha ninguém pra me segurar. Quando me dei conta, meu rosto estava molhado e ele já tinha me visto, dei mais alguns passos para trás e balancei a mão direita na minha frente, dizendo que não. Seu rosto estava pálido, o momento de alegria e prazer com a outra garota havia acabado, agora ele parecia em pânico, gritando meu nome, tentando se explicar, se aproximar, mas não conseguia. Ele parecia tão inútil, tão nojento, tão nada.

Meu estômago começou a embrulhar, o pacote de waffer light que eu comi à algumas horas atrás estava querendo sair do meu estômago pela boca, definitivamente eu queria vomitar, mas não apenas o waffer... Eu queria vomitar toda essa raiva, todo esse nojo não só dele, mas de mim, que eu sentia. Nojo de mim por quê? O que eu fiz de errado? Eu não fiz nada de errado, ele que foi um idiota. Mas por quê? Por que ele faria uma coisa dessas comigo? Eu não entendo, tá tudo errado, o mundo parece estar de cabeça pra baixo.

Eu não sei mais o que fazer, minha cabeça está doendo demais pra pensar, se alguém me perguntasse quem sou eu, acho que não conseguiria responder. Quem sou eu? Faz muito tempo que eu não sou mais eu, eu era ele, eu era nós, eu deixou de existir a alguns anos atrás. Quem sou eu? Você realmente quer saber quem sou eu? Você acha que sabe quem sou eu? Eu sou uma guria cujo coração está partido em mil pedaços, espalhado pelo peito, machucando meu estômago, arranhando meus joelhos, saindo pelos olhos.

Continuei caminhando, a cidade estava deserta, a avenida era apenas um saco de plástico sendo arrastada sem rumo pelo vento, sentei-me no degrau de uma escada em frente a entrada de uma clínica de odontologia e de repente senti-me naquele seriado que a gente gostava de assistir juntos, vi ele chegando em minha direção, coloquei minha cabeça entre meus joelhos e meus braços cruzados apertando minha barriga, eu estava fraca demais para qualquer coisa, mas mesmo assim ele sentou-se ao meu lado, colocou seu braço em volta de mim e fazendo carinho no meu cabelo disse em meio a soluços "eu sinto muito, minha pequena". 

5 de setembro de 2014

Look do dia: Preparando-me para a primavera



Bom dia gente!
Vou contar um segredo pra vocês... Eu fico  com muita vergonha de postar fotos minhas que são tiradas do meu celular aqui no blog por dois motivos. 1) A qualidade é péssima. 2) Não é nenhum pouco digno do comportamento de uma blogueira de moda que sonho em ser. Mas o que pode ser pior do que não postar nada? Nunca serei uma blogueira de moda se não postar looks do dia ou dicas ou outras coisas mais, então, antes isso do que nada. Vocês não concordam?

Esse look eu montei na minha loja, ou loja do meu pai, whatever, é tudo a mesma coisa. Quando chega mercadoria nova eu me derreto toda e acho isso meio errado porque sim, mas enfim, a legging estampada custou R$15,00, a blusa com aplique de tule é R$10,00 e a sapatilha pink tem um saltinho de 2 ou 3 cm, custou R$45,00. Eu adoro esse tipo de sapatilha.

Viram gente? Dá pra montar um look com menos de R$71,00 SIM. Isso é tão bom que chega a soar estranho... Por isso, é o que eu sempre digo: Não procure marca, grife, ou o que todo mundo tá usando. Procure usar o que te faz bem. E outra: compre o que dá pra comprar. Não faz sentido algum você gastar R$247,00 em uma calça que você não vai usar mais que duas vezes. Além do mais, existem muitas outras coisas que pode-se fazer com esse dinheiro, como por exemplo: sair com as amigas, comprar tinta para tecido, frutas, mascara de hidratação, livros, caneta coloridas e etc.

E agora, antes que seja tarde demais e eu perca a primeira aula, uma foto que eu gosto:


Beijão gente

30 de agosto de 2014

Inspire-se no look: Emily Fields

Emily Fields (a personagem de Shay Mitchell em Pretty Little Liars) é a lésbica do grupo, que tem uma paixão secreta por Alison DiLaurentis. Ela é do tipo esportista, faz natação na escola dela pra manter sua bolsa, seu estilo não é muito diferente da Emily dos livros, a única diferença é que a Em do seriado é morena, e a Em dos livros é ruiva.

Emily super curte blusa com manga longa, montando looks daqueles que "mostra em cima, esconde em baixo" ou vice-versa.

Regatas, camisetas cavadas, vazadas, de algodão... Ela adora.

Outra peça de roupa que ela curte é o colete, mudando o look de básico para despojado.

Jaqueta bicolor é a peça chave de Emily, ela deve ter pelo menos um closet de jaquetas bicolors, todas esportivas, de couro ou moletom.

Assim como Aria, Emily adora listras e estampas xadrez, tanto em camisas, jaquetas, blusas, casacos ou meias. 

Não é por Emily ser lésbica ou com o estilo esportivo que ela não usa saias ou vestidos. Ela usa, raramente, e quando o faz, fica linda!

Quando é pra se produzir para um evento que pede roupas mais sociais, ela não se enfeita muito. Suas cores são preto (funeral) e azul (baile da escola e casamento da mãe de Aria).

Eu não curto muito tênis, acho que elas deixam minhas pernas mais grossas do que já são, mas Emily, magrela, usa e abusa, sempre que pode esta de tênis.

O próximo post vai ser um review do estilo de Hanna Marin, fiquem ligadas aqui no blog! =)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...